Enêude Soares
Voando na inspiração
Textos
CASA DO MEDO
 
Na casa do medo tem
Fragilidade e desilusão
Marido incompreensivo
Agindo como machão
Batendo em sua mulher
Faz dela o que bem quer
Ainda abusa no seu colchão
 
Na casa do medo tem
Falta de; amor e carinho
Gentileza, complacência
Falta marido bonzinho  
Pra respeitar sua mulher
Dá a ela o que ela quer
Aconchega-la em seu ninho
 
Na casa do medo tem
Crueldade do agastadiço
Profano desleal e algoz
Capaz de fazer um feitiço
Tirando a sanidade dela
Depois esgana a sua goela  
E no corpo dá um sumiço
                                      
Na casa do medo tem
Falta de; amor e bondade
Lucidez do companheiro
Para agir com lealdade
Respeitando sua donzela
Valorizar o que é dela
E não tirar sua dignidade
 
Na casa do medo tem
Violência e não tem policia
Tem lei maria da penha
Mas ainda não tem justiça
Que tenha mais severidade
Pra combater essa crueldade
Desses profanos carniça
 
Na casa do medo tem
Que haver muita mudança
Que o infrator seja punido
Que seja crime sem fiança
Transformar essa casa de dor
Em um lá de harmonia e amor
Que ela tenha mais esperança
Eneude Barra Verde
Enviado por Eneude Barra Verde em 28/04/2020
Alterado em 28/04/2020
Comentários