Enêude Soares
Voando na inspiração
Textos
                  01
Ao prender um inocente
E colocar ele na prisão
Aterroriza seu coração                                  
Deixa ele inconsciente
Fica triste impaciente
Esquentando a sua cuca
Matutando ele cutuca
Ate aparecer a verdade
Falo  com sinceridade
Todo cabresto machuca
               
               02
O voto é uma obrigação
Mas devia ser diferente
Prende a ele muita gente
Na disputada eleição
E na hora da votação
Tudo na mesma cumbuca
Ferroa como mutuca
Nem sempre sai a verdade
Falo com sinceridade
Todo cabresto machuca
 
                03
Na hora do casamento
Tudo é só perfeição
Rola aquela emoção
Na hora do sacramento
Depois do acontecimento
Ela começa a muvuca
E a sogra vira mutuca
Acaba ali a liberdade
Falo com sinceridade
Todo cabresto machuca
 
Autor: Eneude Barra Verde
Mote; Vitor.
Eneude Barra Verde
Enviado por Eneude Barra Verde em 14/04/2020
Alterado em 21/05/2020
Comentários